A madeira é muito valorizada na decoração de interiores e pode aparecer tanto na mobília quanto no revestimento de pisos, tetos e paredes. Com a variedade de tonalidades disponíveis desse material, é preciso ter cuidado para escolher o modelo que mais combine com a cor da pintura presente na residência.

No post de hoje você verá como harmonizar os tons de madeira com as cores da sua casa e dicas para usá-los em cada ambiente! Confira!

Dica: Pintura da casa: escolha a cor ideal para cada ambiente

A cor ideal para cada tom de madeira

Com características que variam de acordo com a espécie da árvore, a madeira pode ser encontrada em diversas tonalidades. A escolha desse material vai depender da cor com a qual ele será combinado. Para facilitar, veja exemplos de como as diferentes tonalidades de madeira se comportam com as principais cores utilizadas na decoração:

Azul

Conhecido pelo poder de relaxar e tranquilizar, o azul harmoniza bem com detalhes e mobiliário em tonalidades claras e neutras, como o bege e o branco. Nesse sentido, a dica é optar pela madeira ou por peças que imitam esse material na cor clara.

Dica: Azul tiffany: saiba como usar na decoração

Verde

Essa cor é bastante chamativa em ambientes internos. Quem opta pelo verde claro pode incluir móveis e peças em madeira de tonalidades claras ou escuras. Já o verde escuro vai melhor com detalhes (esquadrias e objetos) de madeira em um tom forte e próximo do preto.

Amarelo

Tanto o amarelo claro quanto o escuro caem bem com o uso de materiais naturais. Essa cor é tão versátil que pode ser combinada com móveis, pisos e tetos de madeira clara ou escura. A madeira pintada de branco ou preto é uma alternativa para deixar o ambiente moderno e criar um contraste com o amarelo.

Laranja

O laranja é uma cor que realça a luz e aquece o ambiente e, por isso, ela pede itens de madeira em tons quentes ou avermelhados, que possam complementar essa característica. Ela também combina com outros materiais naturais — como bambu, couro e fibras vegetais.

Vermelho

Forte e vibrante, o vermelho se torna item de destaque quando utilizado para dar cor a um ambiente. Nesse caso, o melhor é optar por madeiras de tons claros ou por peças pintadas de bege, cinza ou branco. Caso queira apostar na madeira escura, a dica é inserir esse material apenas em pequenos objetos decorativos para não pesar o visual.

Marrom

O marrom compõe parte dos tons de terra, argila e areia. Por remeter à natureza, combina com qualquer cor e textura de madeira. A escolha do material vai depender do resultado desejado no espaço.

Dica: Saiba como montar um jardim de inverno incrível

Uma parede em tom mais quente, como o terracota, por exemplo, pode destacar o tom alaranjado de uma peça de madeira. Uma parede em areia, por outro lado, vai contrastar com peças escuras ou pintadas.

Cinza

Variando de tons mais claros até o chumbo, o cinza é uma cor cada vez mais valorizada em projetos modernos. A aparência dos ambientes pintados nessa cor lembra o concreto e as paisagens urbanas, que combinam com elementos em cores neutras ou tons fortes.

Com um fundo neutro como o cinza, você pode apostar em todo tipo de madeira (natural ou pintada) para complementar ou destacar o ambiente.

Roxo e rosa

Embora pouco comuns na decoração da casa, cores como roxo e cor-de-rosa aparecem com frequência nos quartos de crianças. Como são cores vivas e alegres, elas podem ser complementadas com madeira pintada de branco ou em tons nudes. Evite usar a madeira escura ou com aparência mesclada para não poluir a composição.

Dica: Inspire-se nas obras de 7 artistas para decorar a casa

Branco

Superfícies e paredes de tons claros — ou pintadas de branco puro — são as preferidas porque combinam com qualquer tipo e tonalidade de madeira. Porém, cômodos amplos e mais vazios podem precisar da adição da madeira escura ou pintada com cores quentes. Esse efeito cria contraste e ajuda a quebrar a monotonia do espaço neutro.

Preto

Cômodos com a predominância do preto ficam elegantes quando combinados com elementos em madeira de tons claros. O material de nuances escuras só é indicado nos casos em que o proprietário deseja um visual mais sóbrio. A madeira pintada em cores vivas pode ser uma opção para trazer alegria e modernizar o ambiente.

Tons de madeira indicados para cada ambiente

Agora que você já sabe qual madeira combina com cada cor, vamos abordar o melhor material para cada cômodo da casa. Em superfícies pintadas com tons neutros, a liberdade para adequar o tipo de madeira com o uso do espaço é maior. Veja as tonalidades mais indicadas e como harmonizá-las com a decoração:

Quartos

O quarto é o cômodo mais íntimo da casa e serve para o descanso diário dos moradores. Aqui a preferência deve ser dada para móveis em madeira de tons claros ou pintada com cores neutras, pois evitam a estimulação visual e contribuem para o relaxamento de adultos e crianças.

Dica: Guia prático de decoração para quartos

Se você quiser um toque de madeira escura, a dica é usar essa opção no piso do quarto para trazer a sensação de conforto e de calor nos dias mais frios.

Banheiros

Embora não seja um material indicado para ambientes úmidos, a madeira também pode complementar a decoração de banheiros. Nesse caso, a escolha do modelo ideal pode ser feita com base na área disponível:

  • banheiros pequenos: use madeira clara com o branco para aumentar a sensação de amplitude;

  • banheiros grandes: aposte na madeira escura para criar contraste e destacar o ambiente.

Cozinhas

Diversos tipos de madeira podem ser usados para revestir os móveis da cozinha. Nesse ambiente, o material de tons claros pode ser usado para criar um visual clean e moderno.

Se o seu desejo é uma decoração rústica, prefira sempre as peças e os detalhes com madeira escura. Além de dar destaque à iluminação, essa opção ajuda a estimular o apetite e cria um cantinho agradável para as refeições.

Salas

As salas de estar e de jantar são ambientes utilizados para o encontro de pessoas e, por isso, estão ligadas ao calor e ao aconchego. Nesses espaços, a madeira de tons escuros fica um charme e traz um clima intimista para momentos de confraternização e de lazer em família.

Se a ideia for combinar diferentes tonalidades, dê preferência para a versão escura nos revestimentos e aplique versões mais claras nos móveis e nos objetos.

Vale destacar que não existem regras fixas para o uso da madeira e das cores, mas combinações que trazem resultados mais satisfatórios do que outras. Sempre que possível, aproveite as dicas na hora de escolher os tons de madeira para obter ambientes com um visual mais bonito e agradável.

Quer mais ideias de decoração? Assine a nossa newsletter e acompanhe as principais tendências!

Share: