A ornamentação da casa tem várias funções importantes. Torna o lar mais aconchegante e bonito, além de imprimir personalidade ao ambiente. Também serve para mostrar um pouco mais dos moradores, seus gostos, preferências e estilo. Pensando em todas essas vantagens, este post explicará como usar fotografias na decoração.

Esse tipo de imagem é um excelente elemento para adornar o ambiente, pois também carrega todas essas características. Surgiu como uma forma de eternizar momentos, pessoas marcantes e registrar a história. Mas seu valor vai muito além — é uma forma de arte, de expressão estética.

Aliados à decoração, esses itens têm um potencial enorme. Há muito tempo deixaram de ser uma exclusividade de porta-retratos e hoje são utilizadas de diversas formas, cobrindo paredes, criando composições especiais, etc.

Onde colocar fotografias na casa?

Uma dica importante é escolher com cuidado o local em que as fotos serão colocadas. Isso definirá o efeito que será criado. Pode ser uma região de maior destaque na casa ou um espaço secundário.

Se o cômodo eleito for a sala, as imagens podem ser dispostas em uma parede livre, sem nada, mas também ficam ótimas acima do sofá, do aparador ou de outro móvel adicional que você possua. 

Outra possibilidade é colocar uma composição na parede lateral da escada ou de um corredor largo. São ambientes onde elas obterão bastante destaque e que são difíceis de decorar com outros elementos, como móveis e objetos.

As fotografias também ficam encantadoras quando utilizadas para decorar o quarto. Você pode dispor junto com a cômoda, um aparador ou, ainda, colocar sobre a cabeceira da cama. Pode ser tanto uma composição de diversas imagens quanto uma única foto grande.

Caso você não queira marcar a alvenaria com muitos furos, pode instalar uma única prateleira e apoiar os quadros nela. Há ainda possibilidades sem nenhum prego: colocar as fotos sob a superfície de algum móvel, no chão e encostadas na parede ou então penduradas com um cabo de aço bem fino no teto. O resultado fica bem interessante.

Como usar fotografias na decoração?

O momento que mais gera dúvidas na hora de decorar a casa com fotos é a decisão de quais utilizar. É preciso pensar em três características principais: cor, tamanho e temas que vão povoar as imagens.

Cor

Você pode escolher tanto as coloridas como em tons de cinza — não há restrições. Deixe suas preferências falarem mais alto. No caso das cores, se for pendurá-las muito próximas umas das outras, opte por tons semelhantes e, se possível, do mesmo artista, para criar uma harmonia e não sobrecarregar o ambiente.

Uma composição de apenas fotos pretas e brancas é uma escolha interessante para ocupar paredes coloridas, assim cria contraste e equilíbrio no local. Além disso, deixa a casa mais elegante.

Juntar todo tipo de imagens em um mesmo arranjo também cria um resultado bonito. A diversidade de nuances pode ser bem trabalhada. Neste caso, escolha molduras mais sóbrias para facilitar a combinação e não deixar a decoração exagerada.

Tamanho

A metragem das fotos definirá também a quantidade que será necessária. Você pode escolher uma única imagem grande e, neste caso, pendure-a a uma distância de 1,50m do chão. Se for usar duas ou mais unidades médias ou grandes, pode estipular um eixo horizontal e alinhá-las.

Também é possível criar composições com diversas fotografias menores ou misturando grandes e pequenas. Nestas opções, também se oriente através da técnica do eixo horizontal. A partir dele você pode dispor os itens simétrica ou assimetricamente, sempre de forma proporcional.

Temática

Os temas podem ser os mais diversos. Uma opção sofisticada é escolher fotografias de um artista. Existem galerias especializadas neste tipo de serviço. Podem ser de um fotógrafo só ou uma reunião de obras de diversos autores. Neste caso, opte por selecionar imagens de um único tema, para não ficar muito aleatório.

As fotografias de família não são uma exclusividade da casa dos avós e as imagens de época e registro de pessoas queridas trazem a história dos moradores para a decoração da casa, além de deixar aqueles que amamos sempre por perto.

Quem curte fazer registros pessoais dos momentos pode utilizar fotografias próprias. Se você eleger essa opção, siga uma linha estética ou adote um único filtro ou tema, para as imagens harmonizarem entre si.

Outra opção de cliques feitos pela própria família é utilizar imagens de locais que foram visitados pelos moradores. Além da beleza dos diferentes lugares, essa opção traz lembranças muito agradáveis.

Como colocar as imagens em molduras?

Existem as campeãs de preferência: as que são lisas e finas, pretas ou brancas. O sucesso delas se deve ao fato de interferirem pouco nas imagens. Mas existem outras opções que também proporcionam resultados interessantes.

É possível misturar itens discretos e chamativos, produzindo uma composição bem original. Dá para escolher tanto monocromia, onde todas são de uma única cor, quanto coloridas. Também fica bonito e equilibrado intercalar modelos discretos com uma única peça chamativa e vibrante. 

São tendências fortes as molduras de madeira clara, alumínio e tons de neon. Uma opção adicional para quem quer valorizar as obras é não utilizar nenhum ornamento, colocando as fotos em chapas de acrílico transparente. Essa técnica se chama metacrilato.

Quais outros detalhes são importantes?

A escolha do vidro deve ser bem pensada. O comum funciona bem, mas, se você quiser conservar melhor as obras, para que não desbotem, prefira um modelo que tenha proteção contra raios ultravioleta, principalmente se a incidência de sol for grande.

Existem, também, as opções antirreflexo, mas tome cuidado: elas alteram a percepção das cores originais das fotografias, então só utilize se o local receber muita incidência de luz direta

Outro acabamento disponível é o passe-partout, papel que forma uma margem ao redor da foto. Quanto mais largo ele for, maior destaque a imagem vai receber. Os cliques modernos pedem uma borda branca ou off-white, já os retratos antigos ficam bem com uma faixa bege em volta

Como combinar com outros itens de decoração?

Para um resultado bonito e equilibrado, é recomendável combinar as imagens com o resto da decoração. Observe se os outros elementos são urbanos, modernos ou retrô — é uma orientação para se basear na hora de escolher em qual cômodo a foto se encaixa melhor, e não uma regra. 

Pense também em como vai dispô-las junto com os móveis. No caso de utilizar a superfície deles como apoio, pode misturá-las com outros objetos, como luminárias ou pilhas de livros. A iluminação no local também é importante para que as imagens fiquem bem visíveis.

Seguindo essas dicas, fica mais fácil entender como usar fotografias na decoração. Se você estiver atento a todos esses aspectos, o resultado será bem bonito. Além disso, terá um ambiente único e personalizado de acordo com seu gosto e estilo. Já decidiu quais as melhores opções para a sua casa? Comente aqui no post!

Share: