Ter um cantinho de estudos em casa é fundamental, principalmente para uma família que lida com rotina escolar, acadêmica ou até mesmo quem precisa trabalhar em home office.

Muita gente acha isso um desperdício de espaço e dinheiro, mas um ambiente planejado para esse fim estimula bastante o foco, o aumento da concentração e os resultados dos estudos.

Você está pensando em montar um cantinho de estudos confortável e funcional na sua casa? Então, não deixe de conferir as dicas que trouxemos neste post. Com elas, você vai criar o ambiente ideal para otimizar as horas na companhia dos livros. Vamos lá?

Escolha um cômodo para o cantinho de estudos

O primeiro passo para um cantinho de estudos perfeito é escolher o melhor cômodo para essa finalidade. No momento da escolha, leve em consideração a personalidade e o estilo de vida que você e sua família levam.

Se você prefere isolamento total para estudar, use um cômodo somente para isso. No entanto, se você se sente melhor em ambientes conjugados, monte seu cantinho de estudos na sala ou no quarto.

Apenas tome cuidado com o grau de integração desses espaços, para que a circulação de pessoas ou o conforto exagerado do lugar não atrapalhem a sua concentração. Essas distrações podem acabar com o objetivo inicial de se ter um ambiente dedicado somente para os estudos.

Dica: Conheça as cores pantone para 2019 e decore sua casa com estilo

Estimule o foco com luminosidade adequada

Para ajudar ainda mais, analise a luminosidade do local que você escolheu para ser o seu cantinho de estudos. O ideal é que haja luz natural, afinal, nada melhor do que ela para deixar o ambiente mais convidativo para o foco no que se está fazendo, sem forçar a visão. Para isso, escolha um espaço que tenha janela e, é claro, posicione seu móvel de estudo perto dela.

Entretanto, pode ser que a sua casa não conte com essa luz natural direta. Então, é hora de pensar em alternativas, como a iluminação artificial mais adequada para o espaço. Vale apostar em lâmpadas brancas que estimulam mais a concentração – ao contrário das amarelas, que incitam o relaxamento.

Além disso, também é interessante colocar uma luminária com uma luz mais focal na mesa. Só não deixe que ela fique diretamente nos seus olhos, já que isso acarreta cansaço na vista rapidamente.

Evite também que a posição do objeto ou de qualquer outra lâmpada do cômodo cause sombras. Para isso, a combinação da luz de teto com a luz de mesa é essencial. Se você posicionar a luminária no sentido contrário da mão que escreve, por exemplo, a sombra no livro ou caderno não acontece!

Cuide da ventilação local

Tão importante quanto a iluminação é a ventilação do local. O espaço precisa de uma boa circulação de ar para que nada comprometa seu bem-estar enquanto você está num momento de concentração.

Além de contar com janelas e portas bem posicionadas e com entradas de ar que não incomodem, você também pode contar com plantas na decoração. Sim, você não leu errado!

Até a NASA já comprovou que a qualidade do ar melhora consideravelmente quando se tem uma planta no ambiente. Só tenha o cuidado de escolher aquelas espécies que podem viver bem em espaços fechados.

Decore cada cômodo da sua casa e saiba quais erros devem ser evitados. Veja no banner abaixo:

Escolha os móveis certos para os estudos

Com toda certeza, o mobiliário também faz diferença no cantinho de estudos. Um dos itens principais é a mesa, escrivaninha ou bancada. Todas as opções são válidas, podendo ser escolhidas de acordo com o gosto pessoal e a decoração local.

Há quem goste de estudar na cama ou no sofá, mas isso pode comprometer não só a sua concentração – pelo excesso de conforto –, como também a sua coluna. A saúde também precisa ser levada em consideração na hora de montar o espaço, afinal de contas.

Para otimizar o espaço que você tem, uma boa ideia é investir em móveis planejados. Dessa forma, você deixa o cômodo mais funcional, preenchendo-o de forma inteligente e aproveitando cada cantinho da melhor forma. Outro ponto positivo dessa opção é que os móveis são confeccionados para a estatura de quem vai usá-lo, tornando-se, assim, ergonômicos.

Nesse caso, se o cantinho de estudos é voltado para o seu filho, não planeje os móveis muito baixos, já que a criança cresce rápido e você pode perder todo o trabalho. O mobiliário com regulagem é o mais indicado, para poder ter períodos mais longos de uso.

Invista em uma boa cadeira

Não dá para falar de mesa sem falar de cadeira, não é mesmo? E esse é o item mais importante do cantinho de estudos, uma vez que é onde você vai passar mais tempo sentado. É fundamental, então, investir em uma peça de boa qualidade, com o conforto na medida certa para a sua coluna, o seu conforto e a sua concentração.

Para proteger a coluna, tanto as costas quanto os pés devem estar bem apoiados e, para isso, a cadeira precisa ser da altura certa. Os braços precisam fazer um ângulo de 90º quando se escreve ou digita, por exemplo, e o pescoço não pode ficar muito elevado nem abaixado.

Por mais que a cadeira seja perfeita, você também não pode deixar de se alongar de hora em hora, para que os seus músculos não doam e a circulação sanguínea não fique comprometida. O seu cantinho de estudos precisa ter o tamanho ideal para que você possa se movimentar e se alongar sem dificuldades!

Dica: 9 vantagens dos móveis planejados que você precisa conhecer

Mantenha a escrivaninha sempre organizada

De nada adianta ter o espaço certo, os móveis certos e a iluminação correta, se o seu cantinho de estudos estiver sempre bagunçado. Então, cuide do ambiente para que isso reflita no rendimento dos estudos.

Toda a papelada pode ser guardada em gavetas ou em móveis auxiliares com repartições. Os demais objetos da mesa podem ser separados em caixas organizadoras, por exemplo, principalmente quando você não os estiver usando. Se a baguncinha estiver guardada, nada vai se tornar uma distração.

Para deixar o ambiente ainda mais organizado, conte com a ajuda de estantes e prateleiras. Elas são as melhores aliadas na hora de manter os livros no lugar, apostilas e demais materiais de estudos. Além disso, também ajudam a deixar o espaço mais bem decorado, uma vez que você pode incluir objetos decorativos do seu gosto.

Dê uma atenção especial para as cores

Por último, mas não menos importante, escolha as cores certas para os móveis, paredes e outros itens da decoração do seu cantinho de estudos. Não existe uma regra inquebrável, mas o melhor é evitar cores escuras como o preto, cinza e roxo, por exemplo.

O vermelho também não e indicado, já que é uma cor que causa agitação. O melhor é contar com tonalidades claras, suaves e que ajudem a iluminar o ambiente. O amarelo é uma boa pedida, já que estimula a criatividade e a concentração – tudo o que o ambiente precisa.

E aí, gostou das dicas para montar um cantinho de estudos bem funcional e confortável? É muto fácil, não é mesmo?

Para que o seu ambiente fique perfeito, além de seguir os nossos conselhos, siga-nos também no FacebookInstagramPinterest e LinkedIn. Assim, você continua recebendo informações preciosas para deixar o seu lar cada vez mais aconchegante e otimizado!


Share: