Americana, gourmet, com ilha, em L, em U… Não importa o tipo! O que importa mesmo é que a cozinha, independentemente do modelo e tamanho, é o coração da casa. Ela mistura aromas e sabores na justa medida. Mais do que isso! Esse espaço tão gostoso da residência é, sem dúvida nenhuma, o ambiente ideal para reunir a família para viver momentos especiais, deliciosos e inesquecíveis.

Vale destacar que a cozinha não é somente um cômodo destinado ao preparo das refeições. Ela vai além, pois é uma parte da casa também voltada para a interação e descontração, em meio às experiências gastronômicas.

Que a cozinha é, naturalmente, um dos melhores ambientes do imóvel, todos sabem, mas com personalidade, estilo, bom gosto e planejamento, ela pode se tornar o espaço mais funcional, prático e bonito do seu lar doce lar. Para tanto, é fundamental decorá-la com muito carinho.

Dica: Saiba como deixar sua cozinha prática e funcional

Pensando nisso, preparamos algumas sugestões decorativas para deixar a sua cozinha linda. Vem com a gente!

1. Defina o estilo da decoração da cozinha

Antes de iniciar o processo de decoração, defina um estilo a ser seguido. Isso irá nortear as decisões futuras, além de manter a coerência do projeto, até porque, os móveis devem dialogar com os eletrodomésticos, que devem dialogar com os revestimentos, que devem dialogar com os acessórios e por aí vai.

O estilo da cozinha pode ser clássico, moderno, futurista, rústico, vintage, industrial, etc. Opte por um conceito que, de fato, combine com suas preferências pessoais. Nada de escolher um estilo só porque ele está na moda, entendido?

Confira nossas dicas clicando no banner abaixo e receba gratuitamente nosso guia completo!

2. Pense na iluminação do espaço

Impossível falar de decoração de cozinhas sem mencionar a importância da iluminação desse espaço. Na verdade, além de interferir na beleza do ambiente, a luz adequada também é crucial para que as tarefas realizadas na cozinha sejam executadas com segurança e praticidade.

Cabe ressaltar que luminosidade da cozinha deve ser abundante sem ser incômoda. Nesse caso, a luz uniforme e direta causa menos fadiga visual. Aposte em um plafon central, mas não dispense lâmpadas dicróicas no teto. Os pendentes sobre a bancada também são bem-vindos, desde que o cômodo não seja muito pequeno. Para completar, privilegie a iluminação natural durante o dia.

Dica: 6 erros de iluminação de ambientes que você deve evitar

3. Invista em eletrodomésticos com design diferenciado

Os eletrodomésticos realmente podem complementar a decoração da cozinha de um jeito único, basta optar por aparelhos com design diferenciado. Atualmente existem eletrodomésticos lindos, que chamam a atenção pela beleza, pelas cores e pelas formas.

Quem prefere peças clássicas e atemporais, pode investir nos eletros brancos. Os mais modernos e futuristas podem optar pelas geladeiras, fogões e micro-ondas em inox. Já quem gosta de uma pegada antiga, tem à disposição os eletrodomésticos no estilo retrô. Não faltam alternativas para agradar a todos os gostos!

Dica: 17 filmes para inspirar a decoração da casa

4. Aposte em acessórios decorativos

Para agregar beleza e personalidade à cozinha, vale a pena incluir elementos decorativos na cozinha. Boas pedidas são os relógios de parede, vasos, quadros temáticos e plantas. Por falar em plantas, ótimas alternativas para cultivar nesse espaço fechado, sombreado, quente e relativamente úmido, são as ervas aromáticas, como o alecrim, a salsinha, o orégano, a hortelã e a cebolinha. Outras opções indicadas para o ambiente são as suculentas.

5. Opte por revestimentos bonitos e práticos

Os pisos e revestimentos da cozinha também assumem um papel fundamental na decoração do espaço, por isso, é necessário optar por materiais bonitos, cujo estilo e as cores dialoguem com a proposta decorativa do ambiente.

Para criar a sensação de amplitude e passar a ideia de limpeza, os pisos e revestimentos claros são as melhores opções. Agora, se a sua intenção for compor uma cozinha irreverente e moderna, os materiais coloridos estão liberados.

Confira as dicas que preparamos para ajudar você com a decoração da sua cozinha. Clique no banner abaixo e receba gratuitamente o nosso guia completo!

Na hora de definir o tipo de pastilha ou de piso, avalie sempre a durabilidade do produto, além da resistência à umidade e facilidade de limpeza. Isso faz toda diferença na praticidade de manutenção no dia a dia!

6. Acerte na escolha da mobília

Os móveis para cozinha impactam não somente a beleza e organização do ambiente, como também interferem na otimização e funcionalidade do espaço. Por isso, é tão importante ser criterioso na escolha da mobília, optando sempre por matérias primas de qualidade e fabricantes de boa reputação no mercado. Quando se trata de móveis de cozinha, os seguintes itens não podem faltar:

Armário suspenso

Também chamado de armário aéreo, esse móvel é essencial para compor a cozinha aproveitando cada centímetro do ambiente. O mais bacana dos armários suspensos é o fato de que eles não comprometem a área livre de circulação. Ou seja: você tem muito espaço para guardar os utensílios de cozinha sem que isso prejudique o trânsito de pessoas.

Com isso, o cômodo fica mais espaçoso, organizado e funcional. Nos armários suspensos, normalmente, são colocados os mantimentos, pratos e alguns eletrodomésticos portáteis.

Dica: Decoração de casa pequena: saiba como deixar tudo do jeito que você sonhou

Armário sob a pia

Excelente para otimizar o espaço, o armário sob a pia pode ser usado para guardar vasilhames e travessas nas portas maiores. Em compartimentos menores, os condimentos podem ser colocados.

A essa divisão, damos o nome de porta-temperos. Já as gavetas são adequadas para guardar talheres, panos de copa e outros produtos, como papel toalha, papel filme e papel alumínio.

Paneleiro

O paneleiro, como o próprio nome sugere, é um móvel utilizado para guardar panelas. Geralmente profundo e bem dividido, ele pode acomodar frigideiras, tachos e até panelas maiores, como os caldeirões e panelas de pressão. O paneleiro pode ser vertical ou horizontal, a depender do projeto. Também pode ser aéreo ou de chão. Não há restrições quanto a isso!

Cristaleira

Durante muito tempo, a cristaleira era um móvel exclusivo das salas de jantar. Juntamente com o Buffet, ela servia para acomodar, com segurança, as louças, cristais e pratarias especiais. Com o passar dos anos e a ascensão dos imóveis compactos, as cristaleiras passaram a ser integradas às cozinhas.

Confira nossas dicas clicando no banner abaixo e receba gratuitamente nosso guia completo!

Hoje em dia, elas fazem parte dos armários e são usadas para guardar taças, copos, aparelhos de jantar, etc. Por fins estéticos, ela costuma ter porta de vidro, no intuito de deixar as belas peças à mostra.

E aí, você gostou do nosso artigo? Vai colocar as nossas dicas decorativas em prática? Para receber outras informações, sugestões e novidades do universo da decoração em primeira mão, assine nossa newsletter. 

Share: