Para muitas pessoas, o quarto é o ambiente preferido da casa. Isso por diversos motivos, mas, principalmente, porque este é o local onde elas podem descansar depois de um longo dia. Logo, a decoração é responsável por transmitir um pouco da personalidade de quem o ocupa.

Para que o cômodo fique realmente confortável, a decoração para quartos deve ser feita com muito cuidado em busca dos melhores resultados. Se você quer fazer isso do jeito certo, então, continue a leitura e aprenda ótimas dicas neste guia prático!

Planejando a decoração de um quarto

Uma decoração para quartos bem-sucedida começa com um planejamento correto de tudo o que deve ser feito no ambiente. Para isso, os seguintes passos devem ser colocados em prática:

Avalie o espaço

Por mais que você deseje algo muito específico no quarto, é preciso que a mudança seja condizente com o espaço. Móveis muito grandes em um ambiente apertado ou uma decoração minimalista demais em um quarto muito amplo podem estragar o visual.

Decoração Minimalista: Clique no banner abaixo e saiba como fazer em seu apartamento!

Comece medindo todo o quarto e reconheça as necessidades, como corredores de circulação, espaços de movimentação de portas e outras questões relacionadas. 

Defina um tema para a decoração

O tema da decoração norteará todas as escolhas desse processo. Se a decoração é mais rústica, móveis de madeira serão bem-vindos. Se o estilo for mais moderno, formas mais arrojadas precisarão fazer parte do ambiente.

Com isso, é relevante começar planejando, desde já, qual aspecto você deseja que o quarto transmita ao final da transformação. 

Monte uma paleta de cores

Definido o tema da decoração, parta para escolha de uma paleta de cores que seja harmoniosa — o que não significa que ela precise ser inteiramente neutra.

Para que a decoração “dure” por mais tempo, o ideal é escolher tons atemporais, como branco, bege e cinza. Porém, você pode mesclar com cores mais fortes, como o amarelo, roxo ou azul, ou mesmo usar cores contrastantes.

O ideal é não usar cores demais e também fazer uma mistura entre tons quentes (como amarelo, vermelho e laranja) e tons frios (como azul, roxo e verde).

Faça um esboço do resultado final

Não é necessário fazer um projeto completo, mas com as medidas em mãos o ideal é fazer um esboço de como ficará o resultado final. Isso inclui planejar a quebra de paredes se necessário, o posicionamento de móveis, a disposição de itens de decoração e mais. Ao fazer isso, dá para ter uma ideia — e um guia — do que deve ser feito. 

Decorando o quarto do casal

Decorar o quarto do casal significa criar um ambiente que seja agradável, confortável e único para ambos. Depois de executar os cuidados de planejamento, coloque em prática as seguintes dicas:

Una o estilo de ambos

Um erro muito comum em quartos de casal é que o ambiente se parece demais com apenas uma das partes ou que não tem a ver diretamente com nenhuma das duas pessoas. Para evitar que isso aconteça, é importante usar o estilo de ambos.

Se uma parte é mais moderna e a outra gosta de uma decoração mais clássica, dá para criar uma decoração atual com um toque vintage, como o uso de cores envelhecidas ou peças mais antigas.

Isso também vale para gostos em relação a cores e itens de decoração, já que o importante é que os dois se sintam representados no ambiente.

Encontre a cama do tamanho certo

A cama é um dos itens mais importantes do quarto e é fundamental acertar no tamanho. Nem sempre uma cama de casal tradicional é grande o bastante, mas, ao mesmo tempo, uma king size não cabe no ambiente.

Para evitar o dimensionamento errado, o ideal é comprar item grande o bastante, desde que ela não atrapalhe a circulação. Isso garante o conforto e a harmonia no ambiente.

Deixe livres os dois cantos da cama

Por falar em cama, o recomendado é deixar ambos os cantos da cama livre, posicionando-a no meio do quarto. Isso cria mais espaço para ambos e tem tudo a ver com as mais sólidas tendências decorativas.

Além disso, fazer com que os dois cantos da cama fiquem livres permite que cada um possua uma mesa de cabeceira ou uma luminária, por exemplo, o que traz simetria ao ambiente.

Invista em um móvel para os pés da cama

Se houver espaço o suficiente, uma boa dica consiste em adquirir um recamier. Esse é o nome dado para o móvel normalmente retangular e acolchoado que fica nos pés da cama.

Ele serve para dar mais conforto e dimensão ao ambiente, além de ser útil para que uma das partes se troque de manhã sem atrapalhar o outro, por exemplo. Se for do estilo baú, esse móvel ainda ajuda na organização e oferece um espaço extra de armazenamento.

Decorando o quarto de bebê

Pensar na decoração do quarto de bebê, geralmente, é um dos momentos mais aguardados por quem recebe um novo membro da família. Assim como qualquer outro quarto da casa, ele precisa de alguns cuidados especiais. Por isso, confira as dicas a seguir!

Torne o quarto versátil e útil

Mais do que bonito, o quarto de um bebê precisa ser muito útil e altamente versátil. A utilidade vem em forma de cômodas com espaço para trocadores de fraldas, cadeira de amamentação e baú de fraldas, além de outros itens importantes.

Já a versatilidade consiste em escolher elementos que permitam uma transição mais fácil para quando a criança se tornar um pouco maior, como por volta dos dois anos.

Isso significa apostar em um berço que possa ser convertido ou substituído facilmente por uma cama e também apostar em cores e elementos que funcionem melhor para essa transição.

Prefira uma decoração mais leve

O excesso de cores e elementos pode deixar bebês agitados e, até mesmo, com insônia. Por isso, o melhor é apostar em cores que sejam mais neutras e menos vibrantes.

Em relação aos itens de decoração, também é importante evitar o uso de muitas peças. Quanto mais brinquedos e bichos de pelúcia houver na decoração, maior é o acúmulo de poeira e maiores os riscos de a criança sofrer com alergias diversas.

Não abra mão dos estímulos

Ter uma decoração mais leve não deve significar a eliminação total dos estímulos. O quarto é lugar em que o bebê passará a maior parte do tempo, por isso, é importante que a decoração tenha elementos que ajudem no seu desenvolvimento.

Colocar itens mais coloridos, luminosos ou sonoros em alguns pontos do ambiente, é uma atitude que ajudará a criança a se desenvolver.

Prefira tecidos naturais e fáceis de limpar

É fundamental que o quarto do bebê seja sempre o mais limpo possível. Para isso, é necessário dar preferência a tecidos naturais, como o algodão, e que sejam fáceis de limpar e evitam alergias.

As cortinas de voil são leves e de fácil limpeza, enquanto carpetes e tapetes muito acolchoados podem pesar o ambiente. Assim, vale a pena investir em elementos que deixem o ambiente mais arejado e limpo.

Decorando o quarto das crianças

Por sua vez, quem tem crianças em casa, precisa apostar no lúdico na hora de pensar na decoração do quarto. Criar um ambiente de encanto e que seja um dos lugares preferidos da criança é muito importante. Para te ajudar, siga as dicas abaixo!

Leve a opinião da criança em consideração

Muita gente acha que por se tratar de uma criança, ela não tem capacidade de opinar sobre a decoração de seu quarto. Porém, se o objetivo é criar um ambiente realmente agradável é fundamental ouvi-la durante o processo.

Não é necessário colocar em prática literalmente todas as ideias, mas é importante transformar as principais em pontos-chave da decoração.

Prefira decorações menos definitivas

É comum que crianças sejam apaixonadas por heróis, desenhos ou elementos que fazem sucesso em determinado momento. Também é natural que esses gostos mudem rapidamente e, por isso, o ideal é investir em decorações menos definitivas.

O recomendado é investir em peças mais básicas, no caso dos móveis, e deixar a parte lúdica para as paredes por meio de adesivos e papéis de parede. Assim, conforme a criança for crescendo a decoração pode acompanhá-la sem precisar de grandes mudanças.

Facilite o acesso ao ambiente

Para estimular a independência, a decoração deve ser pensada de forma a facilitar o acesso da criança a seus itens favoritos. Um armário mais baixo, uma estrutura com papel para escrever nas paredes e mesas menores funcionam bem para que a criança se integre ao ambiente.

Porém, a segurança ainda deve ser o fator primordial e, por isso, é importante deixar itens potencialmente perigosos, como luminárias e objetos afiados, em um lugar que não possa ser alcançado pelos pequenos.

Invista em uma brinquedoteca

Em vez de ter brinquedos espalhados por toda a casa o tempo todo, pense em criar uma brinquedoteca no quarto da criança. Para isso, vale usar almofadas que se transformam em baús ou estantes e pequenos armários.

Para completar o ambiente, tapetes e pisos acolchoados dão segurança e tornam o ambiente ainda mais lúdico e divertido

Decorando o quarto de um adolescente

Normalmente, a fase de transição para a vida adulta é repleta de encontros com os amigos e uma necessidade constante de se expressar. Dessa maneira, a decoração do quarto de um adolescente deve levar isso em consideração, ainda que não combine totalmente com o restante da casa. Para acertar, coloque em prática as dicas a seguir!

Pense em uma área de estudos

Seja na escola, no cursinho ou mesmo na faculdade, o adolescente, geralmente, está em uma fase intensa de estudos e preparação. Por isso, é importante investir em um ambiente dedicado para essa função.

O local deve ser confortável, arejado, bem iluminado e o mais silencioso possível. Em geral, aliar uma cadeira confortável e moderna a uma escrivaninha ou mesa é a forma ideal de conseguir criar esse tipo de ambiente.

Pense na recepção dos amigos

Como é muito comum que os adolescentes se juntem aos amigos em seus quartos, é preciso pensar que o ambiente será utilizado por mais de uma pessoa em boa parte do tempo.

Assim, vale considerar adquirir uma bicama. Ela tem um colchão retrátil na parte debaixo e pode ficar fechada quando não estiver sendo usada, o que economiza espaço.

Também é importante considerar a utilização de poltronas, cadeiras ou chaises, para que todo mundo fique confortável.

Incorpore os interesses do adolescente

Por mais diferente que sejam os interesses do adolescente, é importante traduzi-los na decoração, tanto por meio de elementos como por meio das cores.

O adolescente é apaixonado por skate? Então, dá para utilizar shapes de skate nas paredes como decoração. A paixão vem em forma de tecnologia? Então itens decorativos divertidos e tecnológicos dão o tom — e, assim, sucessivamente.

Encontre um equilíbrio para a decoração

O ponto mais difícil da decoração para quartos de adolescentes é achar o equilíbrio ideal na transição entre quarto infantil e quarto muito adulto. Luminárias de bichinhos normalmente são descartadas, mas lustres de cristal também não combinam com esse ambiente.

Por isso, o ideal é conseguir equilibrar peças mais sérias com itens mais divertidos, assim como elementos mais pesados com cores mais leves ou vice-versa. 

Decorando um quarto de solteiro

A decoração para quartos de solteiro deve ter atenção especial para não cair em um lugar-comum ou que não seja perfeita para o descanso. Para criar o ambiente ideal, confira as sugestões a seguir!

Utilize espelhos

Se, por ser de solteiro, o quarto for menor, um truque consiste em utilizar espelhos mais amplos. Esse tipo de item “duplica” a imagem do quarto, o que faz com que ele pareça ser maior do que efetivamente é.

Além disso, ele favorece a dispersão de luz, garantindo que o local fique mais bem iluminado com menos esforço.

Use nichos, prateleiras e estantes

Uma das melhores formas de decorar o quarto de solteiro é verticalizando, de algum modo, a decoração. Além de isso economizar bastante espaço, também dá uma sensação de local mais completo e elaborado.

Para tanto, use nichos, prateleiras, cubos e estantes. Neles, dá para expor itens de decoração, lembranças de viagens, livros ou o que mais tiver a ver com a personalidade de quem o ocupa.

Dê personalidade ao ambiente

Por falar em personalidade, é importante que o quarto de solteiro seja uma representação do dono dele. Escolher um projeto muito genérico ou não investir na personalização, faz com que ele sinta que o quarto não é efetivamente dele.

Por isso, incorpore coisas que sejam do gosto dele à decoração, como fotos, lembranças de momentos especiais, cores favoritas e assim por diante. O importante é criar um ambiente voltado para as necessidades e interesses do indivíduo.

Considere usar móveis planejados

Para maximizar a personalidade do ambiente e para aproveitar cada espaço, dá para considerar a possibilidade de adquirir móveis planejados.

Em vez de comprar a peça que todo mundo tem, que tal planejar a decoração se baseando em móveis perfeitos para o ambiente? Assim, cada canto do quarto será aproveitado e repleto de personalidade.

Decorando um quarto de hóspedes

O quarto de hóspedes deve ser planejado com carinho. Afinal, é o local de descanso de parentes e amigos que chegam para te visitar. Porém, também é importante ter em mente que dificilmente o quarto será usado de maneira intensa o tempo inteiro. Quer acertar? Então, siga as instruções a seguir!

Opte por móveis multifuncionais

Ter uma cama que pode se transformar em uma espécie de sofá transforma o quarto de hóspedes facilmente em uma sala de televisão. Da mesma forma, contar com uma mesa no ambiente serve tanto para que o hóspede se sinta mais à vontade, como, também, permite que o cômodo funcione como um escritório.

Por isso, vale a pena investir em móveis multifuncionais. Assim os itens não são usados apenas pelos hóspedes, mas também são úteis quando o quarto estiver desocupado.

Não descuide da iluminação

O quarto de hóspedes não pode ser um quartinho escuro e empoeirado da casa. Para que isso não aconteça, aposte em uma ótima iluminação para o ambiente.

Para o melhor resultado possível, o ideal é maximizar a iluminação natural durante o dia e fazer um projeto, com spots e luzes difusas, para momentos de pouca luz.

Não deixe de contar com objetos decorativos

Muita gente acha que como quem vai ocupá-lo é uma pessoa de fora da casa, o quarto de hóspede não pode ter itens de decoração. Entretanto, isso só deixa o ambiente sem graça e sem vida.

Para não errar, não precisa apostar em porta-retratos ou itens muito pessoais, mas vale utilizar objetos que criem um ambiente mais bonito.

Favoreça o conforto

Como o quarto de hóspedes, geralmente, é o menor dos quartos de uma casa, se você não tiver cuidado ele pode se transformar em uma opção desconfortável.

Para evitar que isso aconteça, é importante que o ambiente tenha a mesma climatização da casa, seja com ar-condicionado ou ventilador, por exemplo. Também é importante escolher móveis confortáveis e de qualidade, assim como cores e elementos que não causem desconforto.

Evitando erros na decoração de um quarto

Planejar a decoração para quartos também exige que você redobre a atenção com erros que parecem inocentes, mas que acabam comprometendo todo o resultado final. Dentre os erros na decoração de quarto que você deve evitar estão:

Não se baseie apenas em tendências

Ter inspirações para decorar o quarto é positivo e utilizar o que está em alta no mercado é ótimo, mas basear-se somente nisso traz alguns problemas. Ao fazer isso, você cria um ambiente com pouca ou nenhuma personalidade, ou faz com que a decoração fique obsoleta em pouco tempo.

Em vez disso, colete inspirações, escolha itens que te agradam, mas dê também o seu toque único e personalizado à decoração do quarto para um resultado mais bonito.

Evite usar coisas demais

Dar personalidade ao ambiente não deve significar poluição visual. Se você coloca itens demais ao mesmo tempo, a atenção acaba sendo dispersa e fica muito mais difícil conseguir um ambiente harmonioso.

Em vez de mostrar todos os itens de decoração, selecione os mais importantes. Se for escolher estampas, prefira apenas uma e combine com cores lisas da paleta. Caso aposte por em uma cor vibrante, deixe o resto mais neutro. Com equilíbrio, o ambiente fica mais bonito.

Não se esqueça da roupa de cama

Cuidar da cor das paredes, do tecido das cortinas e dos itens em exibição é importante, mas quando se fala em decoração para quartos, um item não pode ser ignorado de forma alguma é a roupa de cama.

Como ela serve para decorar o móvel mais importante do ambiente, as suas escolhas devem ter a ver com o que você criou. Uma roupa de cama muito sóbria em um cômodo todo colorido, por exemplo, não funciona tão bem.

Por outro lado, uma roupa de cama delicada serve muito bem para dar uma pequena quebra em uma decoração rústica. Assim, não ignore o poder que essas peças possuem de modificar o quarto.

Não compre itens de baixa qualidade

Quando for comprar os componentes da decoração do quarto, indo desde a tinta até os móveis, é fundamental adquirir opções de qualidade. Quanto mais você se preocupar com isso, mais durável a sua decoração e mais bonito o resultado final se torna.

Por isso, aposte em itens de boa procedência, que sejam certificados e de empresas reconhecidas. Assim, você conseguirá o aspecto de quarto perfeito por mais tempo.

Para acertar na decoração para quartos é importante começar com um planejamento adequado de tudo o que será feito no ambiente. Depois, você deve se preocupar em reconhecer as necessidades de cada tipo de quarto e quais elementos combinam mais.

Ao final, basta evitar os erros que acontecem tão comumente para passar a desfrutar de um ambiente aconchegante, bonito e único. Gostou do nosso guia? Não perca mais nenhuma dica de decoração! Assine nossa newsletter e receba nossos posts diretamente no seu e-mail!

Share: