Uma vez que a composição do lar tem sido cada vez mais pensada como algo equilibrado entre o charmoso e o funcional, vale considerar que a decoração de inverno tem tudo para trazer mais conveniência ao seu bom gosto.

Isso porque você pode brincar não apenas com os estilos decorativos que já vigoram por entre os corredores do lar como elevar a temperatura a partir de combinações cheias de estilo.

Para provar que a decoração de inverno pode acalorar os programas caseiros, apresentaremos, neste post, 6 dicas que trarão mais calor para a composição de todos os cômodos da sua casa. Acompanhe!

1. Promova a decoração de inverno com tapetes e cortinas

Quer espantar e manter o frio do lado de fora de suas portas e janelas? A saída mais prática, nesse sentido, é com a instalação de cortinas pesadas, que ajudam a garantir uma sensação térmica maior no interior dos cômodos.

Entretanto, vale uma dica geral para esse tipo de composição: caso o sofá ou o jogo de cama sejam estampados, opte pelo uso de cortinas lisas. Da mesma maneira que, se os móveis da sala e quarto forem lisos, as cortinas podem pender para as estampas mais criativas.

Para isso, uma boa alternativa é colocá-las em seu quarto e sala, pois são ambientes de convívio que mais pedem por um clima intimista e caloroso. A solução é similar para o piso do lar, onde o frio parece tornar tudo mais distante dentro de casa.

Com o uso de tapetes altos e felpudos, o calor é retido com mais eficiência, deixando o contato com o solo mais agradável e atrativo — já que tapetes nunca saem de cena e muito menos para compor uma decoração de inverno.

2. Escolha os móveis certos

Seja para uma decoração de inverno em casas de temporada — onde o friozinho é uma constante nos termômetros — ou mesmo para trazer mais calor às composições do lar, os móveis podem ajudar a promover o impacto desejado.

A começar pela escolha de materiais, não à toa, a madeira, tão presente na decoração rústica, ganha bastante espaço para compor ambientes nas estações mais frias do ano.

Isso significa que tons escuros combinam bem com a ideia de reter o calor nos cômodos — como é o caso do mogno — da mesma maneira que a escolha dos tecidos tem grande responsabilidade nessa tarefa.

Dica: Saiba como tornar sua casa mais aconchegante

O veludo, por exemplo, é uma boa escolha tanto para compor o sofá quanto as suas almofadas — valendo um capítulo à parte: poucas coisas trazem tanto aconchego, em uma decoração de inverno, quanto as almofadas.

Caso não queira promover uma mudança tão radical quanto a transformação no tecido do sofá, procure por tecidos que possam agregar valor aos outros móveis — como é o caso das mantas de lã, organizadas sobre as poltronas e sofás.

3. Brinque com o intimismo da iluminação indireta

Claro que a lareira é um dos itens que mais combina com a decoração de inverno. Mas, em sua ausência, candelabros, velas e produtos similares ajudam a deixar o ambiente mais agradável — a iluminação indireta como protagonista de uma calorosa recepção.

Vale, também, reforçar as qualidades da iluminação indireta com o uso de abajures. Assim, seja na sala ou no quarto, você ganha um ambiente agradável e convidativo a longos minutos sob as cobertas.

4. Misture novas cores nas paredes

A sua decoração de inverno tem muito a dizer através das cores, sabia? Afinal, é bastante popular a noção de que cada tonalidade pode reforçar todo tipo de sensação que você queira transmitir.

Na decoração do lar, muito disso envolve trabalhar novas cores por todos os cômodos — uma solução de alto impacto e que exige menos investimento do que a substituição de móveis, por exemplo, podendo ser resolvida com um bom projeto de reforma.

Para gerar uma calorosa sensação aos proprietários e visitantes, tons quentes — como o vermelho e o amarelo — ajudam a ampliar o aconchego nos cômodos.

O ideal, entretanto, é usá-los em ambientes sociais, já que os melhores tons para os quartos são aqueles que ajudam a conferir relaxamento. E, para a decoração de inverno, isso pode se refletir no uso de cores mais puxadas para o amadeirado, o bege ou os diferentes tons de cinza.

5. Gere boa sensação térmica com outros acessórios

Além das mantas e cobertas e do uso de velas, outros acessórios caem muito bem nos dias mais frios do ano, principalmente para gerar uma decoração mais funcional ao lar.

É o caso de sprays aromáticos ou mesmo incensos, que remetam a sensações térmicas agradáveis — como aromas que recendem à madeira. Com isso, o lar ganha um aspecto sensorial capaz de gerar mais bem-estar a quem estiver nos ambientes.

6. Estenda a decoração de inverno para outros ambientes

Não pense que você pode planejar a sua decoração calorosa apenas nos ambientes mais privados ou sociais do lar. Sobram, inclusive, boas ideias para serem aplicadas nos banheiros e até mesmo na cozinha — principalmente, quando integrada às salas.

Uma boa ideia é o acabamento com móveis planejados coloridos, que reforçam o bom uso das cores para estimular sensações diversas. Além disso, desconstruir a noção de “ambientes frios” também aumenta a sensação térmica nesses cômodos, sabia?

Uma boa dica é o uso de quadros para colorir e descontrair. Sem falar que eles podem ajudar a mascarar aqueles quadros de luz ou interruptores em desuso, com simplicidade e bom gosto.

Por fim, vale a pena apostar no uso de painéis de madeira, que são boas alternativas, uma vez que esse tipo de material costuma marcar presença em outros cômodos, permitindo um diálogo mais harmônico e capaz de deixar a decoração de inverno mais versátil e completa.

Então, o que achou das nossas dicas para criar uma decoração de inverno acessível, diferenciada e que tenha tudo a ver com o estilo do seu lar?

Agora, convidamos você a assinar a nossa newsletter e, assim, ficar sempre por dentro das mais diversas dicas de reforma e decoração — e para todas as estações do ano!

Share: