Se existe um ambiente da casa no qual os pais querem tomar todas as decisões, com certeza é o quarto do bebê! Contudo, nessas horas surge a dúvida: como decorar um quarto de bebê abrindo mão dos designers de interiores, mas sem deixar de lado a intenção de fazer algo impecável, atual, e com espaços utilitários bem aproveitados?

Portanto, para atender a essas necessidades de quem vai mobiliar ou reformar o quarto de bebê, no post de hoje separamos 5 dicas para que a sua decoração siga as tendências e seja um verdadeiro sucesso. Continue lendo e confira!

1. Escolha onde será o quarto do bebê

Este pode parecer apenas um detalhe sem muita importância, contudo, a localização do quarto do bebê deve ser pensada de forma estratégica, visando atender alguns requisitos.

Em primeiro lugar, é pertinente que o quarto do bebê esteja o mais próximo possível do quarto dos pais — mas que também esteja perto do banheiro. Isso facilitará o trânsito durante o dia a dia, tanto nas emergências noturnas, se o bebê chorar, quanto para o banho, troca de fraldas etc.

2. Eleja o estilo e o tema da decoração

Atualmente, são inúmeras as possibilidades de decoração para os pais ansiosos, o que pode até desorienta-los quando ainda não decidiram como decorar um quarto de bebê. Portanto, a seguir veremos brevemente alguns deles.

Para os meninos, sugerimos os estilos esportivo, campestre e moderno.

Estilo Esportivo

O estilo esportivo pode utilizar temas náuticos — com âncoras, marinheiros, peixes etc — ou eleger algum esporte para ser representado em alguns elementos da decoração — com cestas de basquete na parede ou um cantinho do quarto com grama sintética aplicada no chão, por exemplo. Enfim, elementos que remetam ao universo dos esportes, basicamente.

Estilo Campestre

Já este estilo usará árvores, cercas e bichinhos de fazenda como itens decorativos. E, para acompanhar, móveis mais rústicos, como os de madeira, por exemplo.

Estilo Moderno

Os ambientes modernos, na verdade, servem para decorar tanto os quartos de meninos quanto de meninas, e devem ter móveis com linhas mais retas, menos rebuscadas, abusando de cores mais vibrantes — e com um bom investimento em iluminação, tanto em nichos de luz indireta, quanto em abajures e luminárias.

Já para as meninas, os estilos mais recomendados são o romântico, o retrô e o provençal.

Estilo Romântico

Esse estilo é, talvez, o mais fácil de ser idealizado, pois muitas mães já imaginam babados, frufrus, rendas e florzinhas para compor e decorar o quarto de suas meninas. Além disso, os móveis também podem (e devem) seguir essa linha — nesse caso, deverão ser mais rebuscados e cheios de detalhes.

Estilo Retrô

Basicamente, o estilo retrô pretende fazer uma viagem no tempo. Por isso, vale a pena resgatar os antigos móveis e objetos da vovó ou da bisavó, e revitalizá-los para compor essa decoração.

Estilo Provençal

Já o estilo provençal é inspirado na região da Provença, no sul da França, sendo caracterizado por determinados móveis e tecidos específicos. Trata-se de uma mistura de rústico e sofisticado, que retrata um estilo bastante atraente.

Nesse caso, os móveis podem ser trabalhados com pátina, ou terem acabamento em palha, e os tecidos têm a estampa floral ou o toile du jouy (desenhos das atividades rurais francesas em tons suaves como azul e rosa pastel). Além disso, lustres de cristal ou ferro compõem com perfeição essa proposta.

3. Monte a paleta de cores

Naturalmente, a paleta de cores escolhida deverá seguir o estilo e o tema da decoração que for previamente determinada.

Assim, para o estilo esportivo, o ideal são as cores de um time de futebol — ou o tradicional azul e branco com pitadas de vermelho para o gênero náutico. Quanto ao estilo campestre, adote o marrom, o verde claro, o verde oliva e o bege de forma harmoniosa e aconchegante.

Já a paleta da decoração moderna é mais flexível, e pode optar por tons neutros e básicos ou por toques de cores vibrantes e alegres, como a laranja e a amarela.

Mais uma vez, é simples imaginar como decorar um quarto de bebê com o estilo romântico, pois as cores rosa, lilás e branco já são as mais pensadas e utilizadas. Para fugir da obviedade, mesclar essas cores com outros tons bastante suaves pode produzir efeitos interessantes e inovadores, como o amarelo claro, o azul claro, ou verde claro, por exemplo. Na verdade, praticamente todos os tons pastéis colaboram para esse estilo.

Coincidentemente, o estilo provençal e o retrô também podem usar cores muito semelhantes. As diferenças residirão principalmente nas estampas escolhidas, pois o tema provençal trará muitas flores, e motivos rústicos chiques, enquanto o retrô, usará bolinhas, listrinhas, ou o mix dessas duas.

4. Defina os móveis que serão usados

Escolher os móveis do quarto do bebê também é uma tarefa importante, pois estes devem ser essencialmente práticos e funcionais. Quanto a isso, não caia na tentação de colocar muitos móveis no quarto do bebê — nesse quesito, menos é mais.

O berço, uma poltrona para amamentar e uma cômoda já atenderão satisfatoriamente as necessidades, deixando um espaço livre para as brincadeiras serem montadas no próprio chão do quarto, sem bagunçar o restante da casa.

5. Considere fazer móveis planejados

E, quando o assunto é decidir móveis para o quarto do bebê, considerar a opção dos móveis planejados pode ser muito relevante. Afinal, quanto a isso a prioridade não deve ser uma grande economia, e sim a busca  por qualidade e durabilidade.

Além disso, a praticidade não pode ser ignorada. Com um bom projeto, o quarto do bebê ficará mais bem equipado com móveis que, além de mais bonitos, também serão práticos e multifuncionais.

Assim, cômodas também podem oferecer trocadores, em seu topo; berços podem ter uma cama extra saindo debaixo, ou gavetões para acomodar melhor o enxoval do bebê etc. Além disso, todos os móveis devem ser seguros para o bebê, de modo que suas peças, quinas e acabamentos não ofereçam nenhum perigo oculto.

Para isso, as pontas de todos os móveis devem ser arredondadas, para evitar acidentes à medida que o bebê crescer, e também durante a circulação dos pais pelo quarto. Nesse sentido revestimentos emborrachados para as quinas são muito bem-vindos, e podem ser adquiridos separadamente em lojas especializadas ou já embutidos no móvel, caso este seja planejado.

Seja como for, um bom projetista poderá transformar o quarto do bebê em um cenário lindo como você sempre sonhou, eliminando todas as dúvidas que ainda tiver sobre como montar o quarto do bebê, e te trará a tranquilidade de estar selecionando o melhor e mais exclusivo serviço para seu filho!

E então, gostou das nossas dicas? Conta pra gente nos comentários!

Share: