Antes de começar a reformar ou construir uma casa, é essencial fazer um projeto junto de seu arquiteto para que tudo saia como você deseja. Entre outras coisas que devem entrar em pauta, vocês devem considerar as cores que serão utilizadas, os cômodos que serão construídos ou reformados e, é claro, os estilos de construção que podem ser aplicados ao seu imóvel.

Se você ainda não sabe por onde começar esse processo, nossa dica é buscar um estilo de construção que reflita seu estilo de vida, seja ele urbano, despojado, sofisticado ou mais tranquilo. Dessa forma, será mais fácil iniciar seu projeto rumo à casa dos sonhos.

Tire todas as suas dúvidas sobre como  e quando contratar um arquiteto para a sua obra. Clique no banner abaixo e receba gratuitamente nosso guia completo!

Para ajudar com essa tarefa, nós fizemos abaixo uma lista com 4 estilos de construção para você escolher o que melhor se adapta às suas intenções. Que tal conhecer um pouco sobre cada um deles? Veja!

Neoclássico: estilos de construção para imóveis imponentes

O clássico nunca sai de moda e o estilo neoclássico está aí para provar isso. Desde a Grécia Antiga, o estilo continua sendo revisitado por artistas e arquitetos, que unem as características da antiguidade a toques de contemporaneidade.

No Brasil, o estilo chegou com a família real portuguesa, que pretendia urbanizar a cidade do Rio de Janeiro. Com isso, a então colônia viu prédios grandiosos sendo levantados e dando ares europeus às terras brasileiras. Muitas das construções da época seguem de pé até hoje, como a Biblioteca Nacional e o Museu de Belas Artes.

O neoclassicismo não se limitou aos prédios públicos e foi muito utilizado também nas residências da família real e de pessoas da alta sociedade. Um desses exemplos é o atual Museu Imperial, situado na cidade de Petrópolis, que serviu como casa de verão de Dom Pedro II.

Apesar dos exemplos citados serem muito antigos, engana-se quem pensa que o estilo neoclássico ficou para trás. Ele ainda é muito utilizado por arquitetos para projetar imóveis com ares de nobreza e é ideal para quem pretende construir em terrenos muito grandes, já que os projetos neste estilo possuem um ar de imponência e monumentalidade.

Seus principais elementos são colunas com capitéis, seguindo a tradição grega, varandas com cercas ornamentadas (tecnicamente chamadas de balaústres) e frontões triangulares. Vale ressaltar que, na atualidade, geralmente essa arquitetura fica restrita às fachadas dos imóveis e apresenta esses elementos de forma sutil.

Industrial: ideal para apartamentos urbanos e modernos

O estilo industrial é urbano em sua essência, pois nasce no seio de Nova York entre as décadas de 50 e 70. É importante ressaltar que esse é um momento de efervescência cultural nas grandes cidades e de maior expressividade dos jovens, que começavam a buscar seu próprio espaço na vida em sociedade.

É justamente a partir desses jovens que surge o embrião para esse estilo, já que ele é inspirado nos galpões abandonados que começaram a ser ocupados como residência e local de trabalho dessas pessoas, mas deixando aparentes as antigas instalações fabris.

Por todos esses motivos, este estilo é considerado moderno e despojado e voltou com tudo nos últimos anos. Ele é perfeito para pessoas descoladas e de atitude, que procuram expressar o modo de vida urbano do seu dia a dia na decoração de casa.

Versátil, o modelo industrial pode ser usado em casas ou apartamentos e combina principalmente com ambientes amplos, com poucas paredes. Uma dica para quem se interessou em aplicar este estilo em um apartamento pequeno é investir em ambientes integrados, como uma cozinha americana.

Dica: Guia completo sobre 10 estilos de decoração

Seus elementos principais são tijolos ou concreto aparentes, uso de madeira e ferro na construção e na decoração dos espaços e lâmpadas pendentes. Para dar mais leveza e alegria ao clima, é possível usar plantas ou peças coloridas na decoração.

Contemporâneo: para unir sofisticação e simplicidade

A arquitetura contemporânea surge de mãos dadas com o movimento modernista, no início do século passado, e se vale dos avanços tecnológicos da construção civil para projetar prédios inovadores. É importante ressaltar que ela sofreu diversas modificações com o passar das décadas, mas sua essência minimalista se manteve.

Decoração Minimalista: Clique no banner abaixo e saiba como fazer em seu apartamento!

O princípio desse estilo é o equilíbrio entre a forma e a função, ou seja, os ambientes são projetados pensando tanto na beleza quanto na sua funcionalidade. Por isso, ele se destaca diante de outros estilos de construção, que muitas vezes se concentram em apenas uma dessas questões, como é o caso do Bauhaus, que foca somente na função e deixa de lado a forma.

Dica: Saiba como deixar sua cozinha prática e funcional

Algumas características mais evidentes da arquitetura contemporânea são o uso de grandes vidraças para iluminar os ambientes, telhados não visíveis, linhas retas, pé direito para as áreas sociais alto e cores claras para dar sensação de amplitude. Por isso, este estilo se identifica bastante com o minimalismo.

Por ser bastante versátil e fácil de aplicar, o estilo contemporâneo cai bem em qualquer tipo de construção, seja uma casa pequena, uma mansão luxuosa ou até mesmo um prédio comercial. Ele é perfeito para pessoas urbanas e elegantes, já que dá um ar de sofisticação ao ambiente.

Saiba como decorar a sua casa de maneira fácil e profissional. Clique no banner abaixo e receba nosso guia completo!

Rústico: para transmitir tranquilidade

Se você está procurando um estilo para construir uma casa no campo ou casa de praia, o rústico é, com certeza, o ideal para o que você pretende. Ele é resultado da união de tranquilidade e modernidade, oferecendo máximo conforto para você desfrutar de dias de descanso.

Geralmente, as construções rústicas são feitas em grandes terrenos, com espaço para gramado, jardins e para uma área de lazer familiar, que pode incluir piscina, churrasqueira e playground para as crianças. Além disso, uma boa varanda é indispensável para uma casa neste estilo.

A arquitetura rústica é marcada pela forte presença de painéis de madeira, nas paredes e no piso, telhado colonial, que utiliza o tipo mais tradicional de telhas, e grandes janelas para oferecer luminosidade em abundância para os ambientes.

Um outro toque que pode ser dado à construção é uma parede de tijolinhos aparentes, um charme à parte para a casa. Além disso, você pode abusar de elementos rústicos e artesanais e incluir plantas na decoração.

Agora que você já sabe quais são os principais estilos de construção usados, que tal aprender mais sobre decoração e construção? Assine nossa newsletter e receba nossas dicas por e-mail!

Share: