Ao decorar o lar, muitas pessoas têm certeza de uma coisa: querem uma cozinha planejada para valorizar esse cômodo que desempenha um papel tão importante em qualquer residência — e isso não é para menos. 

Afinal, optar por esse formato permite que você invista em móveis mais resistentes e duradouros do que aqueles encontrados em redes de varejo, tenha um melhor aproveitamento do espaço disponível, alcance uma maior organização e, de quebra, torne a limpeza do ambiente mais rápida e fácil.

No entanto, é crucial seguir algumas dicas para que o resultado final do projeto realmente seja o que você espera: com alta qualidade, exclusivo e consonante com as tendências do design de interiores. Justamente por isso, reunimos as 5 principais neste post. Acompanhe!

1. Defina quais são as suas necessidades

Antes de mais nada, é fundamental que você pegue papel e caneta, sente e avalie com calma o que é preciso na sua cozinha planejada. Isso porque um erro cometido por muitas pessoas é focar no apelo estético dela, não na funcionalidade do ambiente.

Dica: Saiba como montar um cantinho de estudos confortável e funcional

Portanto, para e reflita sobre o uso que você fará do cômodo. Vide os exemplos a seguir!

  • Vai cozinhar diariamente? Se sim, para quantas pessoas em média?

  • Tem muitos acessórios e utensílios domésticos para guardar?

  • Prefere descartar os restos de alimentos em lixeiras ou contar com o auxílio de um triturador?

  • Quer cultivar ervas e hortaliças para consumir comida orgânica? Se sim, deseja ter um espaço na cozinha para ter sua própria horta?

  • Gosta de ter um local para fazer refeições rápidas dentro da cozinha?

  • Valoriza a presença de eletrodomésticos que facilitam as tarefas domésticas, como o lava-louças?

A partir desses questionamentos, vai ser mais fácil identificar quais são as suas necessidades e os seus desejos, e como o recinto pode suprir ambos adequadamente.

2. Pense no estilo de décor do local

A segunda dica para ter uma cozinha planejada impecável é pensar no estilo de décor do local. Afinal, você pode seguir dois caminhos: adotar a decoração já existente no imóvel ou optar por outra vertente pensada exclusivamente para o ambiente. 

Dica: Móveis para cozinha: 6 ideias de decoração para você se inspirar

Para tanto, leve em consideração alguns aspectos importantes. O primeiro é que se a cozinha for integrada a outro cômodo, como a sala ou a varanda, não é indicado que ela fuja ao padrão já estabelecido. Do contrário, ter dois estilos diferentes em recintos que comungam o mesmo espaço pode quebrar a harmonia estética do lar, além de, é claro, sobrecarregá-lo com muitas informações e deixá-lo visualmente bagunçado. 

O segundo é que cozinhas com metragem reduzida não devem receber qualquer tipo de decoração, pois o foco nesse tipo de área é otimizar o espaçoaproveitar melhor a iluminação, aumentar a área de circulação e torná-lo mais confortável. Por isso, o ideal é apostar em estilos como o escandinavo, o minimalista, o oriental e o contemporâneo.

3. Pesquise por empresas de renome para fazer a cozinha planejada

Outra dica útil é fazer um levantamento de empresas de renome que trabalham com móveis personalizados para desenvolver o projeto da sua cozinha planejada conforme as especificações do seu imóvel e ajudá-lo a materializar as ideias que têm.

Lembrando, é claro, que para isso ela deve ter não só linhas de mobiliário com design nobre e sofisticado, mas, acima de tudo, que sejam feitas com material de qualidade. Assim, você terá um ambiente com uma mobília exclusivaacabamento customizado e rico em detalhes e com tonalidades harmônicas entre si. 

Dica: Decorador, arquiteto e designer de Interiores: qual contratar?

Vale ressaltar ainda que marcas reconhecidas e com longo histórico de atuação no mercado, como é o caso da Todeschini, vão além e oferecem atendimento diferenciado, prazos que são realmente cumpridos e, em especial, um showroom completo para você analisar os detalhes dos produtos que comercializam.

4. Considere quais materiais vão compor o ambiente

Após definir os móveis da sua cozinha planejada, você deve avaliar quais os materiais vão compor o cômodo. Ou seja, aqueles que vão revestir o piso e as paredes do local respeitando o fato dele ser uma área molhada, realçando a paleta de cores e harmonizando com o décor escolhido.

Os revestimentos clássicos, como porcelanatos e cerâmicas, vão bem com praticamente todo tipo de decoração (clássico, moderno, boho, cottage etc.) têm tonalidades neutras e, de quebra, podem ser aplicados em ambas as superfícies. Logo, são alternativas versáteis e fáceis de combinar. 

Porém, você pode apostar em outros modelos mais arrojados, principalmente se optar por uma decoração com mais personalidade. Cozinhas industriais e escandinavas, por exemplo, vão muito bem com piso de cimento queimado e pastilhas metro white nas paredes. Já os estilos retrô e vintage, por outro lado, pedem ladrilhos hidráulicos mesclados com azulejos.

Saiba mais sobre como decorar e reformar a sua cozinha no nosso guia completo!

5. Escolha os eletrodomésticos que são mais adequados para a cozinha

Por fim, escolha os eletrodomésticos que são mais adequados à sua cozinha. Sendo assim, leve em conta primeiramente o espaço disponível no projeto. Ou seja, procure segui-lo à risca e evite inserir itens em excesso — e, muitas vezes, supérfluos — para não tornar o ambiente abafado e sobrecarregado. 

Uma boa sugestão para facilitar essa etapa é listar os aparelhos que, de fato, têm utilidade real no preparo de comidas e bebidas no seu dia a dia, como cafeteira, mixer, torradeira, forno elétrico, cooktop, sanduicheira, grill etc.

Outro ponto relevante é que você deve optar por eletrodomésticos que compartilhem do mesmo design para manter uma unidade visual no espaço e que principalmente façam referência ao estilo de décor adotado.

Por exemplo, se a decoração é retrô, eles devem ter uma tonalidade forte (como o vermelho bordô ou o azul-celeste), formato curvilíneo e pés aparentes, que eram características marcantes dos aparelhos entre as décadas de 40 e 60.

Dica: 6 dicas de decoração de inverno para deixar a casa mais quente

Seguindo nossas dicas, a sua cozinha planejada será não apenas elegante, prática e equilibrada visualmente, como também atenderá as necessidades que você e a sua família têm. Portanto, coloque-as em prática e não se esqueça de contar com uma empresa de renome na elaboração do projeto.

Por isso, entre em contato com a gente e conheça mais sobre os nossos produtos que unem sofisticação e qualidade na medida certa!

Share: