O cotidiano urbano e corriqueiro nas grandes cidades traz, cada vez mais, a necessidade de ter contato com a natureza e desenvolver um estilo de vida mais saudável e tranquilo. Por essa razão, as tendências nas decorações de interiores apostam cada vez mais em plantas e flores para trazer esse aconchego para dentro de casa.

É verdade que elas exigem um pouquinho mais de atenção, mas ficam muito charmosas e delicadas nas decorações de salas, escritóriosquartoscozinhas e até mesmo banheiros. Por isso, vale a pena investir em opções adequadas para cada ambiente que deseja decorar, entendendo as limitações de cada espécie. 

Se você já considera utilizar plantas na decoração, veja a seguir algumas boas dicas para deixar sua casa mais verde e bonita!

Considere a luz e a umidade

O primeiro passo antes de escolher a planta ideal para a decoração da sua casa é considerar o local que você está decorando.

Geralmente, ambientes externos recebem mais luz solar e ficam mais quentes que os ambientes internos. Além disso, estão sujeitos a outros efeitos climáticos, como chuva e ventania, exigindo opções de plantas mais resistentes. 

Agora, se você pretende escolher mudas para os cômodos internos ou no jardim de inverno, é necessário optar por espécies que se adaptam à pouca luz e sem exposição direta do sol. Entenda, abaixo, um pouco sobre algumas espécies comuns de plantas:

Palmeira

Com uma altura moderada (em torno de 1,50m) e folhas escuras, a palmeira é geralmente usada em vasos grandes e no chão, ao lado de sofás e halls de entrada. 

É interessante notar que essa planta é ideal para dentro de casa, contanto que haja ventilação. Não é necessário grande quantidade de luz e precisa ser regada somente três vezes por semana. É ideal para salas e copas.

Dica: 6 dicas de decoração de inverno para deixar a casa mais quente

Samambaia

Já a samambaia não precisa de ambientes com tanta ventilação e também é tolerante em ambientes com pouca luz e luz difusa. Fique atento somente à escolha do vaso: é necessária uma opção que não retire a umidade da planta, como, por exemplo, o coxim (fibra de coco).

Geralmente são utilizadas em lugares onde pode receber luz indireta, próximas às janelas, como em quartos, salas de estar e lavanderias

Cacto

O cacto é bem conhecido por ser uma planta de deserto. Sendo assim, gosta de ambientes que recebem luz direta e têm alta capacidade de armazenamento de água.

É ideal regar somente uma vez na semana e posicioná-lo em sacadas, áreas externas ou ambientes próximos a janelas, como a varanda ou a área de lazer

Zamioculca

Uma boa opção para corredores e ambientes com pouca luminosidade. Essa planta é geralmente colocada no chão e traz um ar de pureza para o local. Exige pouca água e é bem resistente. É uma ótima pedida, também, para salas, escritórios e bibliotecas

Clique no banner e confira como criar ambientes estilosos e modernos com uma decoração atual, funcional e versátil!


Suculenta

Conhecida por ser uma planta muito fácil de cuidar, exige pouca água devido à sua capacidade de armazenamento e precisa de luz direta do sol poucas horas do dia. Pode ser posicionada em estantes, armários de banheiro ou bancadas de cozinha

Orquídeas

São ideais em locais que recebem luz indireta. Suas folhas devem estar sempre verde-claro e servem como indicativo sobre a sua saúde. Caso as folhas escureçam, é necessário buscar por melhores condições de luz.

Aposte em plantas suspensas

Uma tendência na utilização de plantas na decoração de casa é utilizar vasos suspensos, próximos a estantes, armários e acima de mesas de jantar, por exemplo. Essa opção é uma ótima saída para quem mora em apartamentos menores ou conta com pouco espaço na decoração. 

As plantas mais comuns para utilizar em locais altos são as avencas e samambaias. Elas possuem um caimento bonito para serem dispostas de forma suspensa e não exigem muitos cuidados. Devem ser colocadas em locais com sombra, boa ventilação e em vasos que retenham umidade.

Atente-se à escolha dos vasos e cachepôs

Existem dois detalhes importantes que devem ser observados na escolha dos vasos e cachepôs.

Primeiro, ele precisa ser adequado ao tipo de planta que você escolheu. Segundo, vasos de cimento ou barro, por exemplo, tendem a deixar a umidade passar. Essa permeabilidade pode causar manchas em móveis ou no próprio piso. 

Assim, no momento de escolher os vasos para a área interna da sua casa, opte por opções de metal, vidro ou madeira, por exemplo, que são adequadas para esse tipo de situação e também trazem um ar mais moderno e elegante.

Caso você prefira detalhes mais rústicos, existe a opção dos pratos para vasos e cachepôs. 

Dica: Como adotar a decoração rústica na casa

Não tenha medo de misturar plantas e vasos diferentes

Outra ideia legal é fazer um mix de plantas próximas, sem medo de errar! Atente-se somente às condições de luz ideal para cada tipo de planta e à necessidade de água para cada uma. Elas precisam ser semelhantes se plantadas no mesmo local. 

Os vasos e cachepôs também podem auxiliar na decoração das plantas. Opte por vasos simétricos para preencher um espaço maior ou ainda vasinhos coloridos e delicados para trazer mais cor às decorações minimalistas ou rústicas. As opções de vasos vintage também são clássicas e ficam maravilhosas no interior de salas e quartos.

Inclua o cuidado da planta na sua rotina

Por fim, uma dica muito importante é incluir as plantas na decoração com a consciência de que elas exigem cuidados e precisam fazer parte da sua rotina. Se você não possui muito tempo e trabalha fora de casa, busque por vasos de plantas que exigem menos dedicação. Por exemplo: as suculentas estão em alta e são muito fáceis de cuidar.

Você pode regar apenas uma vez na semana e dispor em locais que recebem luz durante uma parte do dia.

Caso sua rotina seja mais tranquila, arrisque mais! Os temperos, por exemplo — como pimentas, manjericão, sálvia, entre outras — pedem atenção à exposição de luz (preferem a luz da manhã), adubo e geralmente bastante água. Eles ficam um charme na cozinha, mas são ideais para quem pode dedicar mais tempo a elas.

Conforme for inserindo novas plantas na decoração da casa, você perceberá o quanto elas influenciam no colorido do ambiente e são responsáveis por um charme inigualável.

Observe os ambientes da sua casa e pesquise todas as alternativas que você tem disponíveis. Existem vastas opções de espécies que podem ser exploradas e ajudar a trazer aquele conforto a mais para dentro ou fora de casa.

Gostou do nosso post? Quer receber mais dicas e ideias sobre decoração de casa e jardim? Então, curta nossa página no Facebook, siga-nos no InstagramLinkedIn e Pinterest e fique por dentro de todas as novidades!

Share: