Atualmente, a decoração do lar passa por um processo de personalização. Não importa o estilo adotado, cada cômodo deve refletir, primeiramente, a personalidade de quem ali vive. Por isso, os erros de decoração em cozinhas devem passar bem longe dos seus projetos decorativos!

Pensando nisso, nós selecionamos 6 erros de decoração em cozinhas e como não cometê-los, fazendo com que você consiga alinhar a reforma deste ambiente com as suas pretensões e o espaço disponível. Inspire-se conosco!

1. Iniciar o projeto sem um planejamento

A história pode ser familiar: na pressa de iniciar — ou finalizar — a reforma, o planejamento é deixado de lado e já é substituído pela execução da obra.

Já dá para ter uma noção do quanto isso é prejudicial para o sucesso da reforma, não é? Até mesmo diante da pressa do dia a dia é possível perceber o quanto um planejamento é elementar, para que consigamos dar conta da rotina.

Entre os principais erros de decoração em cozinhas que a falta de planejamento pode acarretar, destacamos:

  • Sacrifício da qualidade desejada;

  • Comprometimento nas obras difícil de controlar;

  • Dificuldade em calcular o orçamento da obra;

  • Tempo de reforma maior do que o esperado.

Por isso, tenha na ponta do lápis todos os detalhes da sua obra. Isso é muito importante!

Como evitar que isso aconteça?

Embora já tenhamos adiantado a solução mais óbvia para evitar esse tipo de dor de cabeça na sua reforma, vale complementar com um tipo de planejamento que cai bem em todo tipo de projeto decorativo. Antes de reformar a sua cozinha, pergunte-se:

  • O que será feito na cozinha?

  • Como será feito?

  • Quem fará o trabalho?

  • O que será necessário?

  • Quanto custará a reforma?

As respostas são indicativos perfeitos de como conduzir a obra. Basta medir o espaço, escolher as cores, acabamentos e os móveis e fazer uma boa pesquisa de preço, barganhando as melhores ofertas e condições de pagamento.

2. Usar móveis e eletrodomésticos grandes demais

Mesmo as grandes ideias podem necessitar de ajustes para encontrarem o seu espaço ideal. E essa dica vale ouro para evitar erros de decoração em cozinhas.

Mas, não se preocupe: trata-se de um engano comum, já que a paixão arrebatadora por determinados móveis e eletrodomésticos pode nos fazer adquiri-los por impulso.

Como evitar que isso aconteça?

A harmonização é tudo na composição de ambientes. Por isso, certifique-se de que exista proporcionalidade entre a mobília e o espaço da cozinha. Com o planejamento em mãos, você já sabe aonde irão os móveis e quais serão os limites de dimensões para que a cozinha fique transitável, confortável e, claro, elegante!

Então, vale o reforço: não compre por impulso. Verifique a possibilidade de acomodar um móvel aqui e um eletrodoméstico acolá, antes de se comprometer com as suas respectivas parcelas.

3. Não triangular geladeira, pia e fogão

Nem todo tipo de cozinha segue a ideia triangular de funcionalidade do ambiente, na qual se coloca, em ordem, a geladeira, a pia e o fogão. Essa ordem permite que a lógica da cozinha siga um cronograma definido de armazenamento do alimento, preparo e cocção, fazendo com que os chefs da casa trabalhem com mais harmonia. Agora, imagine a ausência dessa ordem natural na cozinha? Caos total!

Como evitar que isso aconteça?

No planejamento, tenha detalhada essa ordem. Assim, é possível conceber este ambiente a partir dessa triangulação inicial. E, o melhor: ela se adapta a qualquer tipo de cozinha!

Pegue, como exemplo, a cozinha linear, que costuma ser acomodada em espaços reduzidos, com a parede ao fundo dedicada ao alinhamento dos três elementos da triangulação. Aqui, eles seguirão uma ordem linear.

Já nas modernas cozinhas americanas, com uma bancada integrando ambientes, a triangulação funciona com perfeição — já que, muitas vezes, o fogão pode ir à bancada.

4. Não pensar nas cores como aliadas

Ignorar a importância das cores, para compor ambientes, é um dos mais graves erros de decoração em cozinhas. Já que elas podem trazer novas sensações ao cômodo.

Basta imaginar na dificuldade em agregar repouso e relaxamento a um ambiente recheado de cores fortes e desiguais (como vermelho e amarelo), que mais remetem a atividades enérgicas. Impensável, né?

Como evitar que isso aconteça?

As cores dizem muito sobre a sua decoração. Para dar a sensação de amplitude do espaço, por exemplo, opte pelas nuances mais claras. Já os tons fortes podem aparecer nos detalhes, mas sempre dialogando com a principal tonalidade do ambiente.

O contraste de cores também é uma possibilidade moderna e atraente, e, em uma cozinha, cai muito bem para criar um espaço único! Vale, inclusive, pensar em possibilidades que vão além das paredes, como pintar os móveis, por exemplo.

As cores são as suas aliadas. Basta dialogar com elas e com o ambiente ao redor, assim você consegue evitar erros de decoração em cozinhas com facilidade!

5. Não privilegiar todo tipo de iluminação

Que a cozinha deve ser um ambiente arejado, isso ninguém duvida. Entretanto, em busca de mais espaço para acomodar móveis e eletrodomésticos, muitos se esquecem de trazer, com o projeto, a devida iluminação à cozinha. Desse modo, é comum que exista pouca iluminação natural e poucos focos de luz para clarear o ambiente. Vamos ver como contornar isso?

Como evitar que isso aconteça?

O primeiro passo é verificar que o ambiente esteja arejado e, se possível, dar preferência à iluminação natural (tomando cuidado para que a janela não fique próxima ao fogão). Isso ajuda na economia do consumo de energia, bem como traz sutileza à composição.

Em seguida, verifique quais pontos da cozinha ficarão carentes de luz e providencie destaque a eles. Uma boa dica é o uso de trilhos, que estão muito em alta e proporcionam um grande foco de luz a toda a área.

6. Não dar atenção aos detalhes

Planejar a cozinha é uma atividade que exige constante monitoramento — principalmente, dos detalhes que passam despercebidos durante a execução.

Para ver como isso é verdade, procure identificar, na sua cozinha, pequenos problemas que poderiam ser corrigidos com um mínimo de atenção aos detalhes (para ajudar: um erro muito comum é o número e localização das tomadas).

Como evitar que isso aconteça?

Exercício feito, vamos identificar, a seguir, alguns erros de decoração em cozinhas que podem ser contornados com mais atenção aos detalhes:

Por isso, muita atenção aos detalhes, para que eles não se transformem em grandes problemas!

E então, o que achou das nossas dicas para evitar erros de decoração em cozinhas? Não deixe de compartilhar a sua opinião sobre o assunto, nos comentários!

Share: